2 de outubro de 2019

Baiano e marido de Deborah, Hugo 'ressalta' lado feminino: 'Não faz menos homem'

No ar na Globo em "Malhação - Toda Forma de Amar", o ator baiano Hugo Moura diz que pensa diariamente em desistir da carreira. "Todos os dias. E todo dia me convenço de que a arte é essencial na minha vida", relevou em entrevista ao colunista Leo Dias.

No papo, ressaltou também o seu lado feminino aflorado. "Numa sociedade machista como a nossa eu me considero feminino sim porque eu me vejo muitas vezes nos lugares 'tradicionalmente' femininos: de sensibilidade, compaixão e afeto sem pudores. E isso é muito importante: a maioria dos homens que converso não faz ideia de que o machismo oprime muito os homens, porque constrói um arquétipo e não um ser humano. Homens podem falar o que estão sentindo, se colocarem vulneráveis e etc. Isso não o faz menos homem, absolutamente", lembrou.

Casado com a atriz Deborah Secco, Moura disse que não se incomoda com o rótulo de "marido da Deborah", que não tem ciúmes do passado amoroso da esposa. "A história dela é essa e ela só é o que é hoje porque passou por tudo que passou. O problema é que a sociedade ainda não lida muito bem com mulheres fortes, que são honestas com os seus desejos. Isso ainda é exclusividade do mundo 'masculino'".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marcadores

2008 (197) Arquivo (374) Bahia (7) BBB (79) Como Pensam... (11) Crônica (1) Culinária (9) Filmes (44) Humor (86) Ivete Sangalo (5) Música (218) Notícias (44) Novelas (5) Política (23) Saúde (26) Televisão (955) Variedades (183) Veneno (3) Vídeos (173)