30 de março de 2014

A Boa do Domingo: Cão muda vida de criança com doença rara

0 comentários

A boa da sexta: cão muda vida de criança com doença rara

Talvez nada até hoje tenha sido capaz de explicar a ligação entre pessoas e animais, que mais parece, em alguns casos, uma ligação de outras vidas. A prova disso é a história que vamos contar na boa do domingo.

Atualmente com 8 anos, Owen Howkins possui uma doença raríssima, que afeta os músculos e impede os ossos de crescerem, limitando cada vez mais a capacidade de movimento. A síndrome de Schwartz-Jamel modificou também a sua aparência, transformando-o em uma criança tímida e insegura.

Agora vem a parte boa da história: Haatchi, um pastor-da-anatólia, com a sua própria história de superação. Haatchi foi abandonado junto a uma linha férrea e encontrado pela família Howkins. Com muitos ferimentos graves, Haatchi perdeu uma das patas. Mas, o animal, mostrando muita vontade de viver, foi se adaptando à sua nova condição de vida.

A ligação que o menino e o cachorro criaram foi notada por todos. Obviamente sem saber, Haatchi, devido à sua limitação, mas sempre com a sua vitalidade, despertou em Owen uma nova percepção à sua diferença das outras crianças.

A partir daí, o laço de amor e cumplicidade entre eles foi sendo alimentado a cada dia. "A transformação do Owen foi imediata! Ele reconstruiu toda a confiança que tinha perdido", afirmou o pai de Owen, Will. "A melhor parte de ter o Haatchi por perto é, todos os dias, chegar a casa, da escola, e dar-lhe um abraço", diz Owen.

As fotos e vídeos de Owen e Haatchi têm corrido o Reino Unido (a família vive em Basingstoke, Inglaterra) e vêm comprovando, na prática, o poder da relação entre crianças e animais.

Assista abaixo a história contada em fotos e em parte de um documentário feito por alunos da University of Hertfordshire: A Boy and His Dog (Um Garoto e o seu Cão). Acompanhe os momentos do menino e seu cãozinho através de uma página do Facebook, criada em homenagem ao cachorro.

Fonte: Metro 1 (Coluna Original: “A Bao da Sexta”)

Leave a Reply