1 de outubro de 2012

Procon quer o fim da publicidade em “Carrossel”. *

0 comentários

O novo “baú da felicidade” de Silvio Santos está na mira da Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon). O órgão quer o fim dos merchandisings na novelinha “Carrossel”, sucesso comercial e de audiência do SBT.
 
Aliado ao Instituto Alana, ONG que atua nos direitos da criança e do consumidor, o órgão pretende brecar os anúncios inseridos no folhetim infantil. “Esse tipo de publicidade abusa da deficiência de julgamento das crianças”, fala Renan Ferraciolli, assessor chefe do Procon-SP.
 
Segundo levantamento do Alana, ficção e publicidade se misturam demais na novela. Em uma das cenas de “Carrossel”, a professora Helena (Rosane Mulholland) surgiu ao lado de um médico (ficcional) falando da importância do chocolate na vida das crianças. Tratava-se então de um merchandising da Cacau Show.
 
Após dois encontros entre dirigentes do Procon e do SBT, a emissora não aceitou retirar os merchandisings, que surgem em quase todos capítulos do folhetim. O SBT, via assessoria, diz que ofereceu em contraproposta retirar só as ações protagonizadas por crianças, o que também não foi aceito.
 
O Procon pretende agora tomar medidas mais duras contra o SBT, que vão de uma multa (de no máximo R$ 6 milhões) até uma ação judicial.
 

Leave a Reply

Marcadores

2008 (197) Arquivo (374) Bahia (7) BBB (62) Como Pensam... (11) Crônica (1) Culinária (9) Filmes (44) Humor (84) Ivete Sangalo (3) Música (214) Notícias (42) Novelas (3) Política (23) Saúde (25) Televisão (941) Variedades (183) Veneno (3) Vídeos (167)