19 de janeiro de 2012

Falou e disse: “Dercy”, curta demais para ser “de verdade”

0 comentários
Dercy de Verdade terminou na sexta-feira (dia 13/01/2012) e deixou aquela sensação dequero mais. Em quatro capítulos, a minissérie atropelou a vida da artista: foi muito pouco para contar a sua história e mostrar a verdadeira Dercy, como sugeria o título. Poderia ter tido pelo menos mais quatro capítulos.
Fafy Siqueira brilhou na pele da protagonista. Independente da atuação de Heloísa Périssé e sem desmerecer o trabalho dela, Fafy mostrou uma imagem de Dercy Gonçalves que é a mais próxima e fiel da que temos guardada em nossa memória. E Fafy interpretou Dercy, o que é diferente de imitar – que é o que Fafy faz muito bem com as imagens de Roberto Carlos e Ronald Golias.
Algumas participações no elenco chamaram a atenção. Nizo Neto, filho de Chico Anysio, interpretou o pai. Carlos Loffler, neto de Oscarito, viveu seu avô, assim como Mário Wilson, que viveu o avô Max Wilson. Vanessa Goulart, bisneta da atriz Eleonor Bruno – que era mãe de Nicette Bruno – interpretou a bisavó. E Bruno Boni, o filho caçula de Boni, estava lá, não para interpretar o pai, mas pelo menos para representá-lo.

Leave a Reply

Marcadores

2008 (197) Arquivo (374) Bahia (7) BBB (62) Como Pensam... (11) Crônica (1) Culinária (9) Filmes (44) Humor (84) Ivete Sangalo (3) Música (214) Notícias (42) Novelas (3) Política (23) Saúde (25) Televisão (941) Variedades (183) Veneno (3) Vídeos (167)