17 de agosto de 2011

Ratinho vai ao México e visita a casa de Roberto Bolaños, o Chaves

0 comentários
Momento de muita emoção no SBT!

Na noite em que o SBT completa 30 anos o Programa do Ratinho vai ser inteiramente dedicado a dois seriados que marcaram a história da emissora, Chaves e Chapolin. O apresentador Ratinho foi até Cancún, México, visitar a casa de Roberto Bolaños, criador e intérprete dos personagens que conquistaram uma legião de fãs no Brasil e no mundo, e vai mostrar tudo o que rolou durante a visita nesta sexta (19), às 21h15.

Ratinho foi recebido por Bolaños e sua mulher, Florinda Meza - a Dona Florinda do seriado - com um café da manhã ao estilo mexicano servido na casa principal da propriedade do casal, que fica em um dos condomínios mais luxuosos da região, o Isla Amorosa.

Ao dar as boas vindas a Ratinho, Bolaños disse que se lembrava dele da ocasião em que o programa homenageou Edgar Vivar, o Senhor Barriga. Em seguida, o apresentador, Bolãnos, e Florinda acomodaram-se na sala principal da casa.  Decorada por Florinda, a sala é repleta de objetos garimpados em viagens pelo mundo e presenteados por fãs. Durante mais de uma hora Ratinho conversou com o casal e soube um pouco mais da vida profissional e pessoal do criador de Chaves e Chapolin. Ao final, retribuindo o carinho de nosso apresentador Ratinho, Bolaños e Florinda autografaram um boneco do Chaves e lhe deram de presente.

      Momentos de alegria, curiosidades sobre os seriados, detalhes nunca antes revelados e claro, muita emoção durante essa entrevista que marcará mais um importante episódio da TV brasileira.


Confira trechos da entrevista de Bolaños:

·        Sobre o sucesso dos seriados no Brasil - “Tenho ouvido coisa lindas sobre o Chaves – sobre todos, mas especilamente do Chaves – do Chapolin, de todos os pesonagens em geral, e eu agradeço, porque os brasileiros têm aplaudido o mais difícil: têm aplaudido o inteligente. Em regra geral,  o público aplaude facilmente o que é grosseiro, e no Brasil aplaudem o inteligente. Isso quer dizer que é um público inteligente. E isso me deixa muito orgulhoso.”

·    Sobre política – “Eu tinha um dito popular, que diz que a política é tão feia que se você pega uma palavra, não sei se em Português funciona igual, uma palavra tão bonita como a palavra “mãe” e você acrescenta política, vira sogra! Que coisa horrível!

·      Sobre as gravações de Chaves e Chapolin – “Eu não admitia improvisações. Poderia entrar alguma, mas depois de superar três condições: primeiro, deveria estar de acordo com o personagem; de acordo com a situação; e por fim ser uma boa improvisação. Aí sim gravávamos de novo, com o enquadramento adequado, o som adequado, a luz adequada. Às vezes me diziam: fulano é muito perspicaz. Não! É um bom ator!”

·  Momento emocionante  - Ao entregar o boneco de Chaves a Roberto Bolaños, o apresentador Ratinho não imaginava que deixaria o humorista emocionado. Bolaños segurou o boneco de seu personagem de sucesso pela primeira vez, e o embalou com lágrimas nos olhos.

Não perca! A entrevista será exibida no dia do aniversário do SBT, próxima sexta 19/08, no Programa do Ratinho Especial, às 21h15.

Leave a Reply

Marcadores

2008 (197) Arquivo (374) Bahia (7) BBB (62) Como Pensam... (11) Crônica (1) Culinária (9) Filmes (44) Humor (84) Ivete Sangalo (3) Música (214) Notícias (42) Novelas (3) Política (23) Saúde (25) Televisão (941) Variedades (183) Veneno (3) Vídeos (167)