23 de maio de 2011

A Banda Mais Bonita da Cidade é o novo fenómeno da net

0 comentários

Cristiano Pereira – (Fonte)

É o mais recente fenómeno das redes sociais. Um grupo musical brasileiro chamado A Banda Mais Bonita da Cidade colocou no YouTube, na terça-feira 17, o vídeo da canção "Oração" e o entusiasmo espalhou-se a uma velocidade meteórica. Veja o vídeo:

 

Em quatro dias, o vídeo foi visto cerca de 800 mil vezes - um número impressionante tendo em conta que a banda era praticamente anónima - e invadiu os murais do Facebook de muitos brasileiros e portugueses.

Contrariamente ao que muitas vezes sucede, este não é mais um vídeo com patetices para o cibernauta se rir das (des)graças dos outros: é a gravação de 16 amigos reunidos na casa da avó de um deles enquanto cantam "Oração", uma canção de seis minutos que arranca branda e cresce, às camadas, sempre com a mesma letra repetida, até rapidamente desaguar num patamar de alegria contagiante.

A melodia - e a letra, uma celebração do amor e da amizade - são certeiras. E o vídeo, filmado no interior de uma casa antiga num único plano sequência, sem cortes, consegue dar-lhe ainda um encanto maior, quanto mais não seja pela simplicidade da ideia e pelo gozo tremendo e sincero que se descortina nas faces dos 16 protagonistas. Há quem aponte as influências do vídeoclip de "Nantes", de Beirut, inspiração assumida pelos brasileiros.

A banda, que originalmente é constituída apenas por cinco músicos e até agora só deu seis concertos, está atordoada com as reacções que o vídeo tem desencadeado e a imprensa brasileira começa a levantar-lhes o chapéu e a invadir as caixas de correio electrónico dos autores da ideia com pedidos de entrevistas. À MTV brasileira, Vinicius Nisi, o músico que toca viola, teclado e piano infantil, explicou que a captação de som foi toda feita em seis ilhas de áudio e 20 canais em vários computadores espalhados pela casa.

Estas ligações, para serviços externos ao Jornal de Notícias, permitem guardar, organizar, partilhar e recomendar a outros leitores os seus conteúdos favoritos do JN(textos, fotos e vídeos). São serviços gratuitos mas exigem registo do utilizador.

Leave a Reply