1 de outubro de 2010

Filme: Comer, rezar, amar

0 comentários

Obra baseada no romance de Elisabeth Gilbert estreia hoje nos cinemas

comer_rezar_amar_01

COMER, REZAR E AMAR é um filme água-com-açúcar. A obra, baseada no livro homônimo de Elisabeth Gilbert, parece passar a mensagem “o sofrimento é natural, acredite no amor”, com direito a todos os ingredientes possíveis para agradar a mulheres e homens (por que não?) desacreditados de relacionamentos. A trama narra a história da escritora Liz, que arrasada após um divórcio difícil resolve fazer uma viagem de um ano pela Itália, Índia e Indonésia.

Estrelado por Julia Roberts no papel da protagonista, o filme possui algumas diferenças do livro: retrata uma Liz mais vaidosa, menos sofredora e que conhece o filho do namorado e briga com o affair – fatos não-verídicos que possibilitam o encaixe da trama no gênero comédia romântica. A última parte do longa, destoantemente melhor que o início, traz Javier Bardem impecável no papel do brasileiro Felipe.

Agradável também é a trilha sonora, que conta com Neil Young, João Gilberto, e o famoso ‘Samba da Bênção’, em ritmo de bossa-nova, na voz doce de Bebel Gilberto. Apesar de retratar os países visitados por Liz com o clichê dos guias turísticos, o romance vale a pena para aliviar os dias de peso.

Leave a Reply